[Resenha] Todos os nossos ontens | Cristin Terril

Atualizado: 15 de Set de 2019

Sinopse:


O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?

Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?

Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?

Em um futuro não tão distante, a vida como conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas.

O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo.

O tempo não é linear; nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las. ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...



Se de um lado temos Marina, uma típica adolescente que tem uma paixão por seu melhor amigo prodígio da ciência, James; de outro, temos Em, uma garota que está em uma cela e só tem a voz do outro lado da parede como companhia. O que aconteceu para que o futuro desse tão errado? A má administração do tempo.

Em um futuro não tão distante, o tempo está sendo usado de formas inconsequentes e as pessoas não tem mais sua liberdade.

Quando o irmão de James sofre um atentado e a vida de seu amigo é ameaçada, Marina o protegerá a todo custo, ela terá que ir contra uma verdade avassaladora ao fazer isso...

“Algo explode. Um golpe violento rasga o ar, o som é tão alto que se parece mais com levar um golpe do que ouvir algo. Eu me vejo curvada na minha cadeira, as mãos apertadas sobre as orelhas, sem memória de ter me mexido. À minha volta, as pessoas estão gritando e se espalhando, algumas correndo, outras caindo das cadeiras e deitando-se no tapete vermelho e dourado do hotel.”

Em luta a cada dia que passa para entender o que deu de tão errado, tenta fugir da prisão em que foi colocada. O Diretor é seu maior medo, um homem frio e cruel, o responsável por tudo que está acontecendo. Seu amigo do outro lado da parede é também um Porto Seguro, alguém em quem ela confia. Ela tenta a todo custo se libertar e, quando consegue, seu objetivo é voltar no tempo e acabar com o projeto inicial evitando que Cassandra, a máquina do tempo, seja construída. Será que ela conseguirá? Com seu amigo ao lado, força de vontade e determinação, ela lutará contra suas emoções e sentimentos para resolver este problema que trás caos e transtornos para a humanidade.  

Em uma história surpreendente e envolvente, nos deparamos com intrigas emocionais e muitas reviravoltas estonteantes. Será que Em conseguirá salvar o futuro?

“Em e Marina estão em uma corrida contra o tempo, é apenas uma dela pode vencer.”

Cristin Terril tem uma narrativa simples e fácil de entender, envolvente e cativante. As emoções rodeiam o leitor desde a primeira página e o deixam em meio à crises e dúvidas. Ambas as personagens femininas são fortes e de grande personalidade, irão lutar para alcançar seus objetivos.

Foi uma leitura rápida e que vale muito a pena, espero que leiam e se apaixonem pelas personagens fortes deste livro... ;)

Titulo original: All Our Yesterdays

Autora: Cristin Terril

Editora: Novo Conceito

Gênero: Ficção científica

Número de páginas: 347



©2019 by Só Mais Um Capítulo. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now