[Resenha] Trono de Vidro | Sarah J. Maas

Sinopse:



A magia há muito tempo abandonou Adarlan. Um perverso rei governa de seu trono de vidro, punindo impiedosamente as minorias rebeldes, quando uma assassina chega ao castelo. Depois de cometer um erro e ser capturada, ela se torna prisioneira nas minas de sal de Endovier, onde a tortura prevalece e ninguém sobrevive.

No lugar de resistir à sentença de morte iminente, a assassina de Adarlan aceita uma proposta: representar o príncipe em uma competição com os melhores guerreiros do reino. Mas ela não diz sim para matar, quer sua liberdade de volta. Se derrotar os 23 assassinos, ladrões e soldados, será campeã do rei e estará livre depois de servi-lo por alguns anos.

Seu nome é Celaena Sardothien. O príncipe herdeiro vai provocá-la, o capitão da guardda fará tudo para protegê-la. E uma princesa de terras distantes se tornará algo que Celaena jamais pensou em ter novamente: uma amiga.

Mas algo maligno habita o castelo -- e está ali para matar. Quando os demais competidores começam a morrer, um a um e de maneira terrível, Celaena se vê mais uma vez envolvida em uma batalha pela sobrevivência e inicia uma jornada desesperada para desvendar a origem daquele mal antes que ele destrua o mundo dela. E sua única chance de ser livre.

Trono de Vidro tem uma narrativa incrivelmente maravilhosa em todos os aspectos. Nossa personagem principal é Celaena Sardothien, uma garota forte, que segue seus ideais, uma assassina aformidável (não é de brincadeira que é a Assassina mais procurada do reino). Tem um caráter único e segue sempre seu código de honra. Sarah J. Maas consegue, em todos os seus livros, nos surpreender a cada palavra, a cada página.

Em Trono de Vidro, vemos um mundo onde há muito a magia se perdeu. Um rei tirano governa Adarlan e leva destruição para onde vai. Não há mais paz.

“Encontre o mal no castelo...
Mas o único mal verdadeiro neste mundo é o homem que o governa”

Em Erilea, todos são contidos pelo medo e receio. Celaena Sardothien é levada pelo príncipe herdeiro, Dorian Havilliard, para ser um dos participantes dos jogos do rei que, ao final, escolherá seu campeão. A assassina não quer mais tirar vidas, quer ser livre. Após passar um ano nas minas de sal de Endovier, um lugar cruel e desumano onde as pessoas (presos e rebeldes) morrem rapido demais, ela foi a que mais durou lá dentro, o que mais almeja é sua liberdade novamente.

A cada passo, cada suspiro, cada flecha lançada que acerta o centro do alvo, Celaena é formidável, nós acompanhamos sua jornada arrebatadora, seus anseios. Podemos participar de seus aprendizados. Tudo no Universo de Trono de Vidro é estonteante.

Esse livro é o primeiro da minha série literária favorita, Sara J. Maas não apenas apresenta um mundo inteiramente novo e deslumbrante, como também nos leva a uma jornada em busca de liberdade, descobertas. Cada personagem tem sua personalidade única.

“Ela não deve lealdade a ninguém além  de si mesma e não pensará duas vezes antes de enfiar uma faca no seu coração”

No castelo de vidro do rei, há um mal que começa a se alastrar. Os participantes da competição estão morrendo um a um de forma misteriosa e não humana. Todos estão alarmados, quem será o próximo?

Em meio ao caos, Celaena se mantém fria e calculista e faz algo que nunca pensou ser capaz novamente, faz uma amiga, uma princesa vinda de outro reino. Parece que tudo está, relativamente, bem, mas nada é o que parece. Há mistério em cada canto do reino, em cada pilastra, nos corredores, escadas... Será que todos estão seguros?

Vale a pena iniciar essa aventura e se surpreender com os caminhos que Celaena traça, a cada jornada uma descoberta. Não só jornadas físicas, mas mentais, nossa personagem cresce, aprende e se desenvolve durante a trama. Com uma pitada de romance em meio à batalhas e e assassinatos, o equilíbrio é perfeito.

Ao que parece, nossa assassina está no meio de algo grande que, nem mesmo ela, tem conhecimento. O que será que está surgindo no castelo? Celaena, sendo uma assassina experiente, está salva? Em quem confiar? São perguntas que vão tirar seu sono e fazer com que só descanse ao ler a última linha... Trono de Vidro é simplesmente encantador.

Título original: Throne Of Glass

Autora: Sarah J. Maas

Editora: Galera Record

Número de páginas: 388



©2019 by Só Mais Um Capítulo. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now